goroskop sovmestimosti po shestopalovu sovmestimost' goroskopov po znakam zodiaka po date rozhdenija goroskop ryb na segodnja zavtra nedelja mesjats goroskop na 2017 skorpion god petuha adres
Menu
Início
Posições Políticas
Pesquisar
Multimédia
Contacta-nos
Avante!
O Militante
pcp-logotipo.jpg
Newsletter
Assinar Newsletter:


Receber em HTML?

Últimas

 

COIMBRA - ASSINALOU OS 99 ANOS DA REVOLUÇÃO DE OUTUBRO criar PDF versão para impressão enviar por e-mail
30-Nov-2016
20161110_revoluo_de_outubro_2.jpg
 
A Comissão Concelhia de Coimbra do PCP assinalou o aniversário da Revolução de Ouubro. A data foi evocada no dia 10, numa iniciativa realizada em plena Praça 8 de Maio, no centro da cidade, ao final da tarde. A acção, que contou com momentos de música, poesia e afirmação política, teve a participação de Isabel Melo, Manuel Pires da Rocha, Mário Rui Dias e Rui Damasceno.
 
Isabel Melo começou por assinalar que comemorar a Revolução de Outubro é «afirmá-la como a realização mais avançada no processo milenar de libertação da humanidade de todas as formas de exploração e opressão». Mas é também, sublinharam, «denunciar a natureza do capitalismo, com os dramáticos flagelos sociais e ameaças que encerra para a vida dos povos e para a sobrevivência da própria humanidade, é salientar a actualidade e validade do socialismo, é reafirmar a necessidade e possibilidade da superação revolucionária do capitalismo pelo socialismo e o comunismo».

Louvor do Revolucionário
Quando a opressão aumenta
Muitos se desencorajam
Mas a coragem dele cresce.
Ele organiza a luta
Pelo tostão do salário, pela água do chá
E pelo poder no Estado.
Pergunta à propriedade:
Donde vens tu?
Pergunta às opiniões:
A quem aproveitais?

Onde quer que todos calem
Ali falará ele
E onde reina a opressão e se fala do Destino
Ele nomeará os nomes.

Onde se senta à mesa
Senta-se a insatisfação à mesa
A comida estraga-se
E reconhece-se que o quarto é acanhado.

Pra onde quer que o expulsem, para lá
Vai a revolta, e donde é escorraçado
Fica ainda lá o desassossego.

Bertold Brecht

No dia 7 de Novembro de 1917 (25 de Outubro, no antigo calendário russo), o proletariado russo, com o papel de vanguarda do Partido Bolchevique, guiado por uma teoria revolucionária, com o notável contributo de Lénine, tomou nas mãos o seu destino, ascendendo ao poder e lançando, numa revolução vitoriosa, as bases de uma nova sociedade, num país dilacerado pela guerra, com um povo fustigado pela exploração, a repressão, a fome e o analfabetismo.
A Revolução de Outubro foi uma exaltante realização revolucionária que, resistindo e superando complexas vicissitudes e dificuldades – boicotes, sabotagens, intervenção de potências imperialistas, guerra civil, bloqueio económico, traição –, e percorrendo um percurso irregular e acidentado, transformou em realidade as aspirações e sonhos dos trabalhadores abrindo o caminho da construção duma sociedade nunca antes conhecida pela humanidade.

 

150 Milhões é o nome do artífice deste poema.
Ritmo – a bala
    Rima – o fogo saltando de edifício em edifício,
150 Milhões falam pelos meus lábios.
A rotativa dos passos
    sobre o velino das calçadas
imprimiu esta edição.
_____________________

Viemos pelas capitais;
    através da tundra furámos o caminho
        marchámos na lama e nos pântanos
viemos aos milhões
    milhões de trabalhadores
    milhões de operários e empregados,
viemos das casas,
    evadimo-nos dos depósitos,
        das passagens iluminadas por incêndios,
viemos aos milhões
    milhões de objectos
            partidos
        quebrados
            arruinados?


Maiakovski

A URSS, num curto período de tempo histórico, alcançou um significativo desenvolvimento industrial e agrícola, erradicou o analfabetismo e generalizou a escolarização e o desporto, eliminou o desemprego, assegurou a saúde pública e a protecção social, garantiu e promoveu os direitos das mulheres, das crianças, dos jovens e dos idosos, expandiu o impacto dos movimentos de vanguarda artística  e as formas de criação e fruição da cultura, conquistou um elevado nível científico e técnico, colocou em prática formas de participação democrática dos trabalhadores e das massas populares, incrementou os valores da amizade, da solidariedade, da paz e cooperação entre os povos.

Canto a minha pátria
        tal como ela é,
três vezes a canto
        tal como ela será,
Amo
    a imensidade
        dos nossos planos,
a envergadura
    do passo quilométrico.
Sinto-me feliz
        como o ritmo
            da nossa marcha,
no trabalho
    e no combate.
Vejo -
    lá onde apodrece hoje a poeira,
onde não há mais que a simples terra,
vejo a sete metros
    como de debaixo
saem as casas da comuna

Maiakovski


    os mesmos nomes
que à bem-amada
    no primeiro dia...
Dos céus da poesia
    precipito-me para o comunismo
porque
    sem ele
porque
    sem ele

Maiakovski

 

Foi a União Soviética o primeiro país do mundo a pôr em prática ou a desenvolver como nenhum outro direitos sociais fundamentais, como o direito ao trabalho, a jornada máxima de 8 horas de trabalho, as férias pagas, a igualdade de direitos de homens e mulheres na família, na vida e no trabalho, os direitos e protecção da maternidade, o direito à habitação, a assistência médica gratuita, o sistema de segurança social universal e gratuito e a educação gratuita.
O que impulsionou a luta pela conquista, por parte de milhões de trabalhadores, de direitos e liberdades em países capitalistas e à dinâmica e luta do movimento de libertação nacional, ao ruir do colonialismo e à conquista da independência de numerosos povos e nações secularmente submetidas ao jugo colonial.
Sob o impacto da vitória da Revolução de Outubro foram constituídos numerosos partidos comunistas por todo o mundo, criou-se o movimento comunista internacional, fortaleceu-se o movimento operário e as suas lutas – como aconteceu em Portugal, onde a 6 de Março de 1921 foi fundado o Partido Comunista Português.
A URSS, o povo soviético, o Exército Vermelho, deram um contributo determinante para a vitória sobre o nazi-fascismo na Segunda Guerra Mundial, numa heróica luta que lhe custou mais de vinte milhões de vidas.

É por isso
    que hoje
        os olhos do mundo inteiro estão sobre nós,
que orelhas fitas
        captam o menor som sobre nós,
é para ver isto -
é para ouvir estas palavras:
isto -
    vontade de revolução
        largada para além dos últimos limites,
isto -
    o comício
        das carcaças das máquinas
das pessoas e dos corpos de animais
isto -
    mãos,
        patas,
            pinças,
                bielas,
                    levantadas
                        até ao ar rarefeito,
    prestando juramento com um só coração.

V.    Maiakovski

O desaparecimento da URSS e as derrotas do socialismo no Leste da Europa, tiveram um inegável e profundo impacto negativo na correlação de forças mundial, na consciência das massas e no desenvolvimento da luta pelo socialismo. Verificou-se um enorme retrocesso nas condições políticas, económicas, sociais e culturais dos povos desses países e de outros povos do mundo.
A actual situação mundial expõe a natureza exploradora, opressora, agressiva e predadora do capitalismo.
Mergulhado na sua crise estrutural, o capitalismo nada mais tem a oferecer aos povos se não uma cada vez maior acumulação, centralização e concentração da riqueza, o agravamento da exploração. Mais do que nunca, o socialismo emerge com redobrada actualidade e necessidade no processo de emancipação dos trabalhadores e dos povos. 

O Futuro

Isto vai meus amigos isto vai
o que é preciso é ter sempre presente
que o presente é um tempo que se vai
e o futuro é o tempo resistente
Depois da tempestade há a bonança
que é verde como a cor que tem a esperança
quando a água de Abril sobre nós cai.
O que é preciso é termos confiança
se fizermos de maio a nossa lança
isto vai meus amigos isto vai.

Ary dos Santos

No momento em que se aproxima 2017, ano em que passam cem anos desse histórico acontecimento que abalou o mundo assente na exploração, o PCP anunciou um programa comemorativo, a iniciar logo em Janeiro e que terá a 7 de Novembro de 2017 um dos seus momentos altos com a realização do Comício do Centenário em Lisboa.
Também em Coimbra iremos assinalar o centenário da Revolução de Outubro
Viva a Revolução de Outubro!
Viva o PCP!

 

 

 

 

 
< Artigo anterior   Artigo seguinte >


Destaque
20170127_jantar_regional_do_pcp_com_jernimo.png20160910_universidade_fundao.jpg20171117_sesso_pblica_jernimo_coimbra_web.jpg20161110_revoluo_de_outubro.jpg20161028_sesso_pblica_jernimo_de_sousa_figueira_da_foz.jpg20161027_mobiidade_e_transportes.jpg20160923_visita_miguel_viegas_incndios_soure_web.jpg20160921_debate_dvida_euro_e_banca_vasco_cardoso_web.jpg20160902_festa_avante_cartaz.jpg20160720_jantar_iv_congresso_com_jeronimo.jpg20160819_jantar_condeixa_a_nova_jernimo_web.jpg20160720_sesso_pblica_defender_a_baixa.jpg20160500_cartaz_mupi_campanha_basta_submissao.jpg20160517_comcio_mais_direitos_mais_futuro.jpg20160509_reverso_da_fuso_dos_hospitais.jpg20160300_ramal_da_lousa.jpg
20160129_jantar_regional_com_jernimo_de_sousaweb.jpg20160200_solues_para_o_pas.jpg20151127_jantar_jernimo_figueira_da_foz_web.jpg20160200_mupi_luta_e_confiana.jpg201502_solucoes_pais_pcp_cartaz_mupi.jpg20150228_no_ao_declinio_nacional_solues_para_o_pas.jpg



   
20141100_mupi_pcp_ha_alternativa.jpg20140900_cartaz_mupi_forca_do_povo.jpg     20140600_mupifora_do_povo_pcp.jpg20140624_centenario_joaquim_namorado._cartaz.jpg    

Joomla é um software livre sob a licença GNU/GPL.